quinta-feira, 31 de maio de 2007

USP após 28 dias

  • Hoje a ocupação da Reitoria completa 28 dias.
  • Hoje eu li até no Overmundo sobre o tema, e veio de um jovem mineiro a análise, colocando-se sob o ponto de vista de um aluno da USP por um dia.
  • Hoje o ex-ministro da Educação, Paulo Renato de Souza, fez uma análise sobre os erros no decreto, corrigido com o decreto declaratório de hoje.
  • Hoje os estudantes divulgaram nota dizendo que: "O governo, através do decreto declaratório, sinalizou que começa a entender a importância da autonomia universitária, legitimando o movimento que, desde o início, denunciava o seu ataque. O movimento compreende que o referido decreto, publicado hoje, dia do ato em defesa da universidade pública, acena o início de um processo de diálogo e negociação do Governo do Estado de São Paulo, representado pelo atual governador José Serra, com o movimento grevista."
  • Hoje está acontecendo uma passeta de estudantes, professores e funcionários.
  • Hoje eu vi o novo blog dos estudantes sobre a Ocupação: 5 mil cercados pelo cordão do choque a caminho do Palácio dos Bandeirantes no Morumbi; prisão de um estudante.
  • Hoje você pode ver em vídeo o momento do confronto no site Conversa Afiada, de Paulo Henrique Amorim.
Vejo a Universidade dividida entre duas listas: a de professores que apóiam a ocupação, e a de professores que apóiam a desocupação. Imagino a cobrança pela tomada de posição. Leio as listas, vejo quem conheço, que posição tomou.

Vejo que o diálogo está difícil de acontecer. Decreto e prisão não combinam.

Um comentário:

Idelber disse...

Cara Cíntia:

Cheguei via Overmundo. Mando-lhe um abraço e deixo um link que pode interessar, com discussão sobre a ocupação da USP:

http://www.idelberavelar.com/archives/2007/05/usp.php