segunda-feira, 23 de julho de 2007

Aterro em Nova Iguaçu

  • Hoje na Globo News uma matéria mostrou o Aterro Sanitário de Nova Iguaçu, considerado modelo, que tem contrato com uma empresa da Holanda para fornecimento de gás oriundo da queima do lixo. O contrato é estimado hoje em R$ 13 milhões.
  • O interessante é que o Protocolo de Kyoto exige que seja feita uma auditoria sobre os volumes de gases de diversos tipos que eles conseguiram evitar que fosse liberado no meio-ambiente. A auditoria é feita por um órgão da ONU, mas para garantir a transparência do processo, mesmo antes da auditoria oficial eles são auditados por uma empresa americana.
  • Ou seja, os EUA não assinam o Protocolo de Kyoto mas lucram com ele!

3 comentários:

Tetê disse...

Esse aterro sanitário é realmente um dos mais modernos país (se não for o mais) e já foi tema de reportagem com o André Trigo, na GloboNews há algum tempo.
Li esses dias que Nova Iguaçu terá outro destaque em breve: a primeira Planta de Destinação Ambiental de Pneus Usados do Grande Rio.
Agora, nós fazemos, investimos, trabalhamos e os EUA faturam... lamentável ainda mais diante do pouco caso das autoridades americanas em relação ao Protocolo de Kyoto!

Cíntia disse...

Tetê,
Você acertou em cheio. O André Trigo fez uma reportagem há 2 anos e a matéria de hoje era uma retomada.
Eu achei o cúmulo os EUA ganharem em cima do esforço dos brasileiros.
Obrigada pela visita.
Bjs

Tetê disse...

Ops, André Trigueiro... :-)